Voltar

 

2012

 

Amazon  |  Livraria Cultura  |  Apple  |  Google  |  KOBO

 

 

                                  

Um jornalista vive uma experiência que o coloca cara a cara com uma realidade que a maioria ignora. Um rapto termina em um     acaso que acaba por investigar a natureza humana. Uma crítica ao automatismo que trivializa a vida e prescreve comportamentos. Um alerta ao autoritarismo de um sistema que nos leva às alturas, para só depois percebermos o vazio
abaixo.

   
O autor mapeia a psiquê das personagens que dão vida à história. A maneira como veem suas culpas, ressentimentos e solidão,   como se não houvesse muito tempo para resolverem essas pendências em suas existências. Um desnudamento de vidas que         instiga o leitor a acompanhar suas transformações durante a leitura.  

SOBRE AS PERSONAGENS
 
Gabriel Mendonça nasceu em 1973. É o quarto filho de uma família de Goiânia. Já apresentava sintomas do transtorno bipolar quando perdeu seu pai aos cinco anos de idade. Tem pele clara, cabelo castanho escuro levemente anelado, rosto arredondado, olhos negros, nariz largo e boca bem definida. 

Tem a medida exata de suas possibilidades, mas nem sempre está em paz consigo mesmo. Após uma breve passagem por Minas Gerais, onde conheceu a companheira com quem assumiu uma relação estável, muda-se para o Rio de Janeiro, onde formou em jornalismo. Era um ilustre desconhecido, autor de um livro só, quando um rapto fez sua vida virar de cabeça para baixo.
 
Maria Tereza, também conhecida como Tetê, nasceu em 1969 na cidade de Cabo Verde em minas Gerais. Filha única, teve uma infância intensa com os primos e os amigos, jogando bola, subindo em árvores e outras atividades pouco comuns a uma menina. Criada pela tia, teve formação técnica. 

Trabalhava na cidade de Cataguases quando conheceu Gabriel com quem se mudou para o Rio de Janeiro em 1992, onde tiveram uma filha. Seu corpo magro e elegante mantém um visual despojado que chama a atenção de homens e mulheres. É leal, generosa e apegada a família.
 
Abílio Alves de Barros, nasceu no distrito de Antonio Rocha, município de Barra Mansa -RJ. Filho único de um agricultor e uma dona de casa, teve uma infância como a maioria dos meninos na zona rural; sem recursos, mas com liberdade e criatividade. 

Desde cedo ajudava seu pai na roça, até se mudar para o Rio de Janeiro em busca de uma vida melhor. Com recurso próprio guardado ao longo de anos trabalhando como garçom, conseguiu realizar seu sonho; montou uma rádio comunitária na zona oeste, onde morava. Tornou-se, por acaso, o líder de um bando de traficantes num morro carioca, onde ficou conhecido pelo codinome, "Maestro". Capricorniano, cultiva a liberdade e independência, é fiel, persistente e determinado. Dedica seu tempo e energia aos seus interesses profissionais; não deixa transparecer seus verdadeiros sentimentos, ocultando-os sob uma aparente calma. Apesar de o destino ter lhe reservado uma vida à margem da sociedade, quer mostrar a família, mesmo à distância, que se mantém fiel aos seus ensinamentos.
 
Dulce, nascida e criada numa comunidade de um morro carioca, era a mulher do dono do morro, quando aos dezessete anos conheceu Gabriel. Teve por ele uma atração fulminante. Sua busca interior sempre a colocou em momentos desiguais com a maioria. Dulce concluiu apenas o ensino médio, mas se destaca da maioria pelo bom português e conhecimentos gerais. Sua pele negra é aveludada, os cabelos são ondulados e leves como o vento. Tem uma beleza tentadora; seus olhos e o nariz harmonizam com os lábios volumosos, como duas almofadas vermelhas e fofas. O sorriso lhe deixa duas covinhas nas bochechas.   

Web Design Tomás Paoni  |  Silas Rodrigues  © 2015 

  • w-facebook
  • w-youtube
  • SoundCloud limpo
  • Blogger Limpa